close× Telefone +55 (11) 5080 4933

Mais de 30 palestrantes internacionais são esperados em evento de Crânio-Maxilo-Facial, em SP

Presidente de Congresso destaca o espaço para networking e a formatação de protocolos e mapeamento dos serviços no Brasil.

por Mariana Veltri – colaboradora da ABCCMF

Entre os dias 21/09 e 23/09 grandes nomes da cirurgia plástica, ortodontia, fonoaudiologia, craniofacial, entre outras especialidades do Brasil e América Latina estarão presentes em evento que reunirá no Hotel Transamérica, em SP, três importantes encontros: o XV Congresso Brasileiro de Cirurgia Crânio-Maxilo-Facial (ABCCMF), o X Congresso Brasileiro de Fissuras Lábio Palatinas e Anomalias Craniofaciais (ABFLP) e o II Congresso da Associação Latinoamericana de Cirurgia Craniofacial (LATICFA).

Para o presidente do Congresso e da ABCCMF, Dr. Cassio Eduardo Raposo do Amaral, o grande objetivo é fortalecer e organizar o tratamento das fissuras lábio-palatinas no país com o apoio da fundação norte-americana Smile Train. “Acreditamos que a união dos esforços destas três associações deverá maximizar os resultados, gerando protocolos e normas de conduta para o tratamento das fissuras”, acrescenta.

Foram convidados mais de 30 palestrantes internacionais que irão discutir sobre os principais avanços da área no mundo. Para a realização de um encontro dessa proporção, Dr. Cassio Raposo do Amaral explica que se trata de uma organização minuciosa concluída com muita antecedência. “Será uma grande oportunidade para fazer o networking com profissionais de toda a América Latina, além da presença de dois ex-presidentes da Sociedade Internacional de Cirurgia Crânio-Maxilo-Facial, Fernando Molina e Eric Arnaud”, destaca.

Entre os principais pontos esperados do Congresso estão a formatação de protocolos e mapeamento dos serviços no Brasil, discutir e debater os principais tópicos e protocolos relacionados à fissura lábio-palatina e anomalias craniofaciais, reunir os principais centros do Brasil e América Latina, gerar protocolos de tratamento de normas de segurança.

Questionado sobre os avanços no setor de crânio-maxilo-facial, Dr. Amaral aponta para mudanças que ocorreram baseadas em evidências científicas, principalmente em protocolos de tratamento. “Nos fissurados, mudanças focadas no tratamento das sequelas de fala de pacientes com fissuras lábio-palatinas e novas tecnologias de implantes customizados em pacientes com sequelas de trauma de face, que também serão apresentados durante o evento”, informa.